fbpx
Search here...
TOP
Europa França Paris

Palácio de Versalhes: 9 dicas essenciais para planejar a sua visita

www tudo sobre viagens versailes paris Easy Resize.com  800x470 - Palácio de Versalhes: 9 dicas essenciais para planejar a sua visita - paris, franca, europa
Tempo de leitura: 6 minutos

O palácio de Versalhes é um dos pontos turísticos mais famosos e visitados da França. Por ano o palácio recebe, em média 8 milhões de turistas, ansiosos para conhecer o lar doce lar de Luis XVI e Maria Antonieta. Assim, com toda a certeza você deve incluir a visita ao palácio na sua viagem a Paris.

O palácio é um ícone em todos os sentidos. Um ícone da arquitetura, da história e principalmente é o grande ícone da monarquia absolutista. Definitivamente, é um lugar incomparável e que vale muito a pena visitar.

Neste post eu trouxe 9 dicas essenciais de como visitar o palácio de Versalhes. Essas dicas e informações são primordiais para você organizar a sua visita e aproveitar ao máximo o seu passeio.

Palácio de Versalhes por dentro: Os lugares imperdíveis

Se o palácio de Versalhes é maravilhoso e exuberante por fora, por dentro é de tirar o folego. O palácio é bem grande e cheio de detalhes em ouro. Lustres de cristais e paredes de mármore fazem jus a fama de seus moradores. Porém  tem certos cômodos no palácio que são simplesmente imperdíveis.

Com toda a certeza, o lugar mais lindo de Versalhes é o salão dos espelhos. A arquitetura desse salão é algo que te encanta e te envolve. Todo o luxo e a riqueza de detalhes te fazem sentir como uma verdadeira rainha ou rei. O salão dos espelhos era o local onde aconteciam os bailes da época.

Além disso, muitas decisões politicas e históricas foram tomadas ali. O tratado de Versalhes, que dava fim a primeira guerra mundial, foi assinado no salão dos espelhos em 1919.

Palácio de Versalhes

Salão dos espelhos

O quarto de Luis XIV, o rei sol é outro cômodo impressionante no palácio. Chegar perto da cama onde dormiu uma das figuras mais importantes da história da humanidade é de uma emoção que não tem nem palavras para descrever.

Palácio de Versalhes

Cama de Luis XIV

Visitar os apartamentos da rainha também é um dos pontos alto da visita ao palácio. Afinal os cômodos que ela dormia e onde recebia visitas ainda estão com a decoração feita pela própria rainha. Nestes apartamentos também aconteceram alguns partos importantes. Ao todo 4 reis  nascerem  nesses aposentos.

Outro lugar impressionante também é a galeria das grandes batalhas. Além de ser o maior comodo do palácio a galeria foi construída com o objetivo de representar todas as vitórias em francesas em batalhas.

É claro que o ideal é que você visite todos os lugares mas caso você não tenha tempo, são esses os quatro que você não deve deixar de visitar.

 

Palácio de Versalhes

Galeria das batalhas

Palácio de Versalhes: 9 dicas essenciais para sua visita

Para quem vai visitar o palácio em Paris é fundamental que leia essas dicas antes de se planejar e visitar o palácio.

1- Compre o ingresso com antecedência

A primeira dica para visitar o palácio de Versalhes é já garantir seu ingresso antecipadamente, pela internet. Comprando pela internet você evita uma fila bem grandinha para comprar seu ingresso na hora. Dependendo da época do ano que você for viajar, deixar para comprar o ingresso no guichê do palácio pode ser bem chato, pois com toda a certeza a fila estará enorme.

Assim, se programe com antecedência comprando o seu ingresso online. Existem vários tipos de ingresso para Versalhes, desde o mais básico que inclui somente a entrada no palácio até o mais completo que inclui visita ao Trianon e aos domínios de Maria Antonieta. A entrada para o jardim é grátis e em todos os ingressos está incluído o audioguia.

Tanto o Museum pass quanto o Paris pass incluem a entrada no palácio.

2- Pegue o RER C 5 desça e  na estação Versailles Rive Gauche

Existem várias maneiras de chegar a Versalhes vindo de Paris. Você pode ir de ônibus, trem, com alguma agência de turismo e até mesmo de carro. Porém uma das melhores maneiras de chegar ao palácio é usando a linha do RER. Neste caso pegue o RER C 5 pois ele te deixa na estação Versailles Rive Gauche, que é o local mais próximo do palácio. Em 5 minutinhos de caminhada você estará lá.

Além disso,  a  passagem do trem RER é bem barata, custa 3, 65 euros e em 40 minutos de viagem você já chega a estação Versailles.

Essa linha do RER passa por diversas estações de metrô de Paris, como Saint Michel Notre Dame, Musee´D’ Orsay, Invalides, Pont d’ alma e Champs de Mars Tour Eiffel.

3-Compre a passagem de trem de ida e volta de uma vez só

Quando você chegar na estação de metrô e for comprar a  sua passagem de ida para Versalhes garanta logo a passagem de volta.

Ou seja, compre de uma vez só o trecho Paris -Versalhes, Versalhes- Paris. Essa dica é muito importante pois geralmente no final da tarde, todos os milhares de turistas que visitam Versalhes todos os dias estão voltando para Paris. Assim, a fila para comprar o bilhete da volta é bem grandinha e chata.

E nessa hora, com toda a certeza você estará muito cansado e louco para voltar para o hotel. Assim uma fila imensa é tudo que você não vai querer no fim do dia, não é mesmo?

4- Separe  um dia todo para conhecer o Versailles

Para você conhecer bem e com calma todo o palácio de Versalhes, os jardins, o Trianon e a casa da Maria Antonieta você certamente levará o dia todo.

Por isso, ao montar o seu roteiro não inclua no dia da visita a Versalhes nenhum outro passeio. Pelo menos não um que seja muito cansativo e que demande andar demais e nem subir escadas.

5-Visite o palácio depois das 15 h ou as 9:00h

O palácio de Versalhes é um dos lugares mais visitados de Paris. O palácio recebe milhares de turistas todos os dias. Para vocês terem ideia no salão dos espelhos, que é um dos lugares mais lindos do palácio, você não consegue dar um passo sem esbarrar com milhares de pessoas. Tirar foto sozinho ? Missão para 007, rs!  Certamente que milhares de pessoas do mundo todo aparecerão na foto com você.

Então para evitar essa multidão os melhores horários para visitar o palácio é ou as 9:00 horas, quando o palácio abre, ou  as 15 horas.

Ir no horário entre 10:00 até 12:00 é garantia de ver multidão. Depois das 15:00 horas é um bom horário pois nessa hora a maioria já saiu do palácio e está visitando os jardins.

O macete aqui é você ir no contra fluxo dos turistas. Visite primeiro os jardins, depois vá para o Trianon, para os domínios de Maria Antonieta, almoce e por último vá ao palácio. Pode apostar que a maioria faz o contrário disso.

Palácio de Versalhes

Salão dos espelhos lotada de turistas

6-Vá entre 4° e 5 feira

Essa também é uma excelente dica para evitar multidões e fazer uma visita mais tranquila. Quarta e Quinta feira são os dias em que o palácio de Versalhes está mais vazio.

Evite ao máximo ir nos fins de semana, pois são justamente os dias mais cheios.

7-Use um audioguia

Visitar o palácio de Versalhes sem um audioguia não é tão bom e instrutivo quanto usar ele. Digo por experiência!

Afinal, o áudio vai te contando toda a história do palácio, os eventos que aconteceram lá e etc. Com toda a certeza, faz toda a diferença você conseguir entender o que você está vendo e onde você está do que ver as coisas a esmo.

Tem áudio em português de Portugal e ele já está incluído nos preços dos ingressos.

8- Alugue um veiculo para se locomover lá dentro

O palácio de Versalhes, junto com o jardim e toda a área a ser visitada é enorme. Por isso, para você poupar tempo, pernas e fôlego use um dos meios de locomoção que tem dentro do palácio.

Você pode alugar um carrinho de golfe, que a hora custa 34 euros. Bem salgado!! Mas também tem um trenzinho lá dentro que para em todos os locais mais importantes da visita.

O trenzinho para no Trianon, na casa da Maria Antonieta e no palácio também, e custa 8 euros.

Alugar uma bicicleta para explorar a região também é uma boa ideia. O aluguel custa 5,50 euros por meia hora e 7,50 euros por umahora.

Dessas três opções a melhor com toda a certeza é o trenzinho,pois ele tem um bom preço e te deixa em frente de todos os locais que você irá visitar.

9-Almoce ou tome café no restaurante Ore

Recentemente foi inaugurado um restaurante dentro do palácio de Versalhes. O restaurante Ore do conceituado chefe Alain Ducasse. O restaurante serve todos os pratos típicos da culinária francesa, seja no café ou no almoço.

Mas, a grande dica por trás dessa indicação é que esse restaurante tem uma passagem exclusiva para dentro do palácio de Versalhes.

Assim que você acaba a sua refeição, os próprios funcionários te conduzem para a entrada principal do palácio, sem você precisar enfrentar as filas para entrar. Mas isso, é claro se você já estiver com o ingresso nas mãos.

Assim, se você optar por visitar o palácio na parte da manhã, vá ao restaurante para tomar um café. O restaurante abre ás 8 horas.

Caso você opte por ir ao palácio depois das 15h, almoçar por lá é o ideal.Porém, para almoçar lá é necessário fazer reserva com antecedência.

Palácio de Versalhes: Informações práticas

Vamos ver agora todas as informações práticas para sua visita a Versalhes.

  • Preço dos Ingressos: Jardim de Versalhes a entrada é gratuita, exceto nos dias em que tem os shows musicais nas fontes./ A entrada para o palácio custa 18 euros e para o Trianon custa 12 euros. O ideal é você comprar a entrada conjunta que custa 20 euros em dias comuns e 27 euros em dias que tem show nas fontes
  •  Horário de funcionamento: De 01º de abril a 31 de outubro:
    Palácio: de terça a domingo, das 9:00 às 18:30 horas.
    Jardim: todos os dias, das 8:00 às 20:30 horas.
    De 01º de novembro a 31 de março:
    Palácio: de terça a domingo, das 9:00 às 17:30 horas.
    Jardim: todos os dias, das 8:00 às 18:00 horas.

Então é isso pessoal, com toda a certeza se você seguir essas dicas para visitar o palácio de Versalhes  o seu passeio será muito melhor aproveitado e você terá um dia inesquecível.

Gostaram das dicas? Vocês tem mais alguma dica interessante para compartilhar com a gente? Então deixe nos comentários.

Um abraço

TudoSobreViagens

Anna Karina Faria Pires

Carioca de 29 anos, bacharel em direito, amante de viagens, aventureira, com o sonho de conhecer o mundo!

«

»

×

Curta a nossa Página!