fbpx
Search here...
TOP
Europa Itália Itália Milão

Milão: 4 dicas essenciais para quem vai a cidade pela 1° vez

IMG 0400 01 Easy Resize.com  - Milão: 4 dicas essenciais para quem vai a cidade pela 1° vez - milao, italia-2, italia, europa
Tempo de leitura: 4 minutos

 Milão

Se você está de viagem marcada para Milão, ou está pensando em viajar para lá na suas próximas férias, com certeza você deve estar procurando dicas de Milão. Nós acabamos de voltar de uma viagem a cidade e estamos cheios de dicas interessantes e importantes também. Neste post eu reuni as 4 principais dicas que pegamos na viagem.

Dicas que, com toda a certeza farão total diferença na sua viagem, principalmente se você visita a cidade pela primeira vez. Mas, mesmo que você já tenha ido a Milão, com toda a certeza essas dicas também vão te ajudar, e muito na sua viagem.

Então, veja abaixo nossas principais dicas de Milão!

 

1) NÃO COMPRE O MILANO CARD

O Milano Card é um passe que te dá direito ao uso ilimitado do transporte público local. Com ele você pode usar o metrô, ônibus e o bondinho da cidade ilimitadamente dentro daqueles dias que o passe é válido. Além disso, o passe  também te dá desconto em alguns restaurantes e lojas selecionadas e descontos em algumas atrações. Tem passe para 1 dia, 2 dias e 3 dias.

Nós compramos o passe de 3 dias, que custou 20 euros, mas achamos que não vale a pena. Simplesmente porque você não tem direito a entrada “grátis” e nem desconto nas principais atrações de Milão. A entrada na igreja Santa Maria Della Grazie, o acesso ao Duomo de Milão e a entrada no castelo Sforzesco, por exemplo não estão incluídas no passe.

No caso do castelo Sforzesco é bom ficar alerta pois tanto no aplicativo do passe quanto na bilheteria do castelo estava dizendo que eles aceitavam o Milano Card. Mas quando chegamos lá e fomos mostrar nosso passe, a moça que trabalha lá disse que, apesar do que estava escrito na porta da bilheteria eles não estavam mais aceitando o Milano card. Eu perguntei para a moça que trabalhava na bilheteria se isso era provisório, ela disse que não.

Assim, achei que foram 20 euros jogados no lixo porque eu tive que pagar para entrar no Sforesco (5 euros) e  13 euros para ter acesso ao Duomo. Então, o milano card só vale a pena se você for ficar muitos dias em Milão e for fazer passeios muito além dos principais.

Para nós que ficamos tempo suficiente ( 3 dias) e visitamos as principais atrações, definitivamente, não compensou.

Milão

Castelo Sforzesco!

2) COMPRE O INGRESSO PARA VER A ÚLTIMA CEIA COM ANTECEDÊNCIA

Sério gente, depois de comprar as passagens para Milão, a segunda coisa que você tem que comprar é esse bendito ingresso, rs.  Simplesmente porque ele esgota absurdamente rápido, principalmente no site oficial. Eu fiquei moscando, e mesmo entrando no site para acompanhar as datas com 3 meses de antecedência eu não consegui ingresso.

E nem tente comprar na hora porque não tem. Eu tentei fazer isso, na esperança ilusória que alguém tivesse desistido. Mas mesmo que isso tivesse acontecido, ainda assim não teria sido possível, pois eles não revendem o ingresso no cado de desistência ou falta.

Assim, existem duas maneiras de você comprar esse ingresso: Uma é pelo site oficial, que é bem mais barato, mas esgota super rápido. Por isso, é bom ficar de olho na abertura do calendário. A outra é comprando através de outros sites que revendem o ingresso. Neste caso o ingresso sai bem mais caro. Mas ainda assim, é bom comprar com antecedência também.

Eu procurei no site do nosso parceiro Getyourguide o preço das excursões para ver A última ceia e a mais barata que achei foi essa aqui.

Ou seja, sai chateada porque não pude entrar na igreja e ver a pintura mais famosa do mundo, depois da Monalisa. O que é uma pena porque, com toda a certeza essa é a atração mais legal de Milão.

Por isso, assim que você terminar de ler esse post corre para acompanhar logo a venda desse ingresso.

 

Milão

Igreja Santa Maria delle Grazie é onde está a Última Ceia, de Leonardo da Vinci. Tivemos que nos conformar em apenas vê-la pelo lado de fora. Ficamos só imaginado o quanto ela deve ser linda por dentro.

3) NÃO COMPRE O BILHETE DE ACESSO AO DUOMO NA BILHETERIA DO DUOMO

O bilhete que dá acesso ao Duomo, é um bilhete conjugado,que você tem acesso ao interior da catedral, ao museu do Duomo, a cripta,  a areá arqueológica e ao terraço da catedral. Esse acesso se dá ou de escadas ou de elevador. O bilhete que dá acesso ao terraço de elevador é um pouco mais caro.

Você pode comprar o bilhete pela internet ou na hora. Se for comprar na hora, não compre na bilheteria do Duomo, pois  na maioria das vezes, lá está muito lotado. Quando pegamos a nossa senha e vimos que tinha mais ou menos umas 100 pessoas na nossa frente, tomamos um susto.Iríamos esperar no mínimo, uma hora para poder comprar o ingresso.

Mas, um senhor, que trabalha na bilheteria, muito simpático, nos indicou comprar o ingresso na bilheteria do museu, que fica ao lado da catedral. Afinal, a fila lá era bem menor. Assim, saímos da catedral e fomos para o museu comprar o bilhete e, de fato, a fila era muito menor. Em menos de 5 minutos compramos o ingresso e voltamos para a catedral.

Por isso, para evitar filas, se você não for comprar o ingresso pela internet compre na bilheteria do Museu do Duomo que fica perto da catedral.


20190511 095409 Easy Resize.com 1 - Milão: 4 dicas essenciais para quem vai a cidade pela 1° vez - milao, italia-2, italia, europa

4) PREFIRA O AEROPORTO LINARTE

Existem dois aeroportos em Milão, o Malpensa e o Linate. O Malpensa é o maior aeroporto da cidade, pois é nele que geralmente chegam os voos internacionais. Já o Linate é um aeroporto que fica praticamente no centro de Milão e é bem menor do que o Malpensa.

Então, ao escolher o seu voo preste atenção por qual será o aeroporto que você irá chegar. Se puder, escolha entrar em Milão pelo Linate,  justamente por ele ser mais perto do centro. Isso te trás dois benefícios: O primeiro, é claro é o tempo, afinal você vai demorar menos tempo para chegar ao centro. E o segundo é o seu bolso. Justamente por ser mais próximo do centro é muito mais barato pegar um táxi ou ônibus do Linate do que do Malpensa.

Uma corrida de táxi do Malpensa ao centro de Milão pode chegar a custar 110 euros. Já do Linate a corrida sai por 50 euros.

Tanto do Malpensa quanto do Linate existem ônibus que te levam até o centro. O que sai do Malpensa custa 16 euros ida e volta. O ônibus que sai do Linate custa 9 euros, a ida e a volta.

Então pessoal, espero que tenham gostado das dicas. Se você gostou não esquece de compartilhar com seus amigos.

Um abraço

TudoSobreViagens

Anna Karina Faria Pires

Carioca de 29 anos, bacharel em direito, amante de viagens, aventureira, com o sonho de conhecer o mundo!

«

»

×

Curta a nossa Página!