fbpx
Search here...
TOP
Europa Marais Paris

Paris por área: Marais, O bairro mais descolado de Paris

Marais
Tempo de leitura: 6 minutos

 Marais

Localizado entre o 3° e o 4 ° arrondissement, o bairro  Marais é o bairro mais descolado da cidade luz. Ele é divido em duas partes: O Marais, que fica no 4°arrondissement e o Haut Marais que fica no 3°. Este bairro é um dos bairros favoritos de muitos turistas no mundo todo. Não só para se hospedar, mas também para passear, curtir a noite e principalmente fazer compras.

O charme da arquitetura dos prédios do bairro, fazem do Marais um lugar muito especial em Paris. Na verdade, ele é um bairro mais residencial do que turístico. Ou seja, passear por suas ruas ou se hospedando aqui você poderá ver como é o dia a dia de quem mora em Paris.

O Marais é um bairro muito descolado, pois tem uma concentração muito grande de bares muitos modernos.Por isso muitos jovens que vão á Paris em busca de badalação, costumam frequenta-lo.  Ele é conhecido, também como o bairro Gay de Paris, pois existem nele muitos bares e lojas voltadas para esse público.

www tudo sobre viagens victor hugo marais paris france Easy Resize.com  - Paris por área:  Marais, O bairro mais descolado de Paris - paris, marais, europa

Breve História do  Marais

Esse bairro também é um local que tem muita história para contar. Afinal, durante a idade média o rei Charles V viveu no Hotel Saint Pol,  edifício que ficava  na rua St Antoine. Mais tarde outros reis da França e a aristocracia também passaram a morar no bairro, no Hotel Tourneles. Edifício  que ficava do outro lado da rua Saint Antoine.

O bairro também foi palco de acontecimentos históricos importantes e dramáticos na história da França. Em 1559, o rei Henrique II foI ferido em um torneio que aconteceu na Rue St Antoine. Por conta do ferimento o rei  veio a  falecer no Hôtel Tournelles. Assim, após esse fato trágico, a família real resolve mudar o distrito da cidade para o Louvre.  Assim, o Hôtel Tournelles é abandonado e demolido dando origem anos mais tarde a construção da primeira praça pública planejada de Paris: A place des Vosges.

Quem também deus as caras pelo bairro durante a época medieval foram os templários. Os monges guerreiros   instalaram sua ordem religiosa na região.

Na época da revolução francesa existia uma torre que ficava no Square du Temple ( hoje um simpático jardim), onde o rei Louis XVI ficou preso antes de ser guilhotinado. A torre não mais existe porque Napoleão ordenou que ela fosse demolida. Uma pena, pois com toda a certeza seria uma ótima atração turística em Paris.

No século XIX, quem morou no Marais foi o  escritor francês Victor Hugo. Hugo passou os últimos anos da sua vida em um casarão na place des Vosges.

Hospedagem no Le Marais

Hospede-se aqui se:Você quiser ficar num local longe dos turistas/ Se você quiser curtir a noite de paris.

Como dito anteriormente, apesar de ter bastantes pontos turísticos interessantes no bairro, o Marais é um bairro mais residencial. Pelo menos ele é bem menos turísticos do que os demais bairros de Paris. Por isso, se você é o tipo de viajante que não gosta de muvuca e gosta de conhecer a cidade pelos olhos dos moradores, então hospede-se aqui.

Caso uma das suas intenções nessa viagem a Paris seja curtir os bares e a noite, então hospedar-se no  Marais pode ser uma das melhores opções para você. Pois você estará próximo aos mais modernos e badalados bares de Paris. Provavelmente poderá fazer tudo a pé sem se preocupar com usar o táxi ou o metrô a noite.

Reserve seu hotel aqui  Booking.com

Não hospede-se aqui se: Você quer ficar perto dos principais pontos turísticos da cidade/ Se você quiser ficar no centro para fazer tudo a pé/Se você quiser ficar perto do metrô.

Um dos pontos “negativos” do bairro é que ele fica longe das principais atrações da cidade,ou seja, se você pretende fazer tudo a pé é melhor não se hospedar aqui. E, além disso, ao contrário da maioria dos bairros de Paris, o Marais não tem uma estação de metrô a cada esquina e os ônibus turísticos não passam por lá. Ou seja, você não terá todo tipo de sistema de transporte ” nas suas mãos” com toda a facilidade que você teria se hospedando em outra região.

Assim, se você for ficar pouco tempo em Paris(uns 3 dias ou menos) evite se hospedar no Marais. Procure bairros mais centrais e deixe para se hospedar nesse bairro em viagens mais longas.

Quer ver outras opções de onde se hospedar em Paris? Então leia também Onde se hospedar em Paris? Saiba quais são os bairros que mais combinam com você e com a sua viagem

Marais

 

Principais atrações turísticas

Apesar de estar longe das principais atrações de Paris, como a torre Eiffel, museu do Louvre e etc,o Marais possui atrações muito legais.Se hospedando lá ou só fazendo um passeio  você poderá conhecer tudo a pé. As principais são:

Place des Vosges

A place des Vosges é a praça mais antiga de toda Paris e é o coração do  Marais. Foi inaugurada em 1612 para celebrar o casamento entre Luis XIII e Ana de Habsburgo. E além de ser a praça mais antiga de cidade, é considerada por muitos como a mais bonita e charmosa de Paris.

Marais

Place des Vosges

Maison Victor Hugo

O grande escritor francês, autor de clássicos mundiais como “Os miseráveis” e “O corcunda de Notre Dame”, viveu os seus últimos 16 anos no bairro. Toda a mobília da época é a original e você pode ver como viveu um dos maiores escritores da história da humanidade. Destaque especial para a escrivaninha onde ele escreveu seus livros e para a cama onde ele morreu. E sabem o que é o melhor? A entrada é grátis.

Marais

Escrivaninha de Victor Hugo

Museu Carnavalet

Este museu fica localizado em dois prédios: O Hôtel Carnavalet e o Hôtel Le Peletier de Saint-Fargeau. Nesses prédios contém diversas peças como: esculturas, pinturas, objetos do cotidiano e etc. Todas essas peças pertenceram a épocas distintas de Paris. Assim, tem objetos da época pre- histórica até a era moderna. O objetivo do museu é contar a história de Paris através dos mais diversos tipos de objetos.

Museu Picasso 

Este museu contém mais de 200 pinturas de Picasso. Não só as que ele mesmo fez mas também as que ele colecionava.

Roteiro a pé pelo Marais

Apesar de ser um bairro pequeno, conhecer as principais atrações do bairro pode levar um dia todo. Na verdade, talvez você até tenha que voltar um segundo dia se quiser ir em todas as atrações do bairro e ainda fazer compras. Se você não tiver hospedado lá, então pegue o metrô linha 1; Chemin vert ou linha 8 e desça na estação  Saint-Paul.   Ao descer da estação pegue a Rue Saint Antoine e ande mais ou menos uns 7 minutos até a Place des Vosges, que é o lugar ideal para começar o roteiro.

Você também pode descer na estação Bastille e pegar a rue Saint Antoine. Depois pegue a Rue de Birague e saia direto na Place des Vosges. Em cerca de 5 minutos você chega na praça.

Comece o seu tour pela maravilhosa place des Vosges. Passeie por suas galerias e restaurantes, tire muitas fotos e não deixe de sentar em um dos bancos da praça para relaxar. Da praça aproveite e visite a casa do Victor Hugo. A visita a casa é curta, dura no máximo uma hora.

Marais

A 176 m da Place des Vosges fica o museu Carnavalet. Saia da Place des Vosges e pegue rue du Francs Bourgeois, que em 6 minutos de caminhada você chegará ao museu.  Como o museu é grande e tem muitas peças  interessantes, separe mais ou menos umas 2 horas para a visita.  A 329 m do museu Carnavalet fica o museu Picasso, se der tempo não deixe de visita – lo.

.

Onde comprar

O Marais é um bairro muito conhecido por suas inúmeras lojas e galerias. São tantas opções espalhadas pelo bairro, desde lojas pequenas a grandes, que você fica louco. O Marais fica bem perto da Rue Rivoli, que é uma das principais ruas de Paris quando o assunto é compras. Da Rue Rivoli você caminha um pouco e logo estará na Rue Saint Antoine uma das ruas com mais lojas no bairro.

Outra rua legal também de se fazer compras no Marais é a rua Francs Bourgeois. Esta rua tem uma grande quantidade de lojas e boutiques com preços diferentes para todos os bolsos.

Marais

 

Onde comer 

Existem muitos restaurantes, bares e cafeterias no bairro para vários gostos e bolsos. Mas com toda a certeza você não pode deixar de visitar o famoso restaurante L’As du Fallafel. Eles servem muitos sandwichs de diversos sabores mas o ponto forte deles é o fallafel. Este falafel é tão famoso que cantores famosos são clientes do local como o cantor Lenny Kravitz. 

Por isso, se vocês se depararem com uma fila enorme, não se espantem, rs. E há quem diga que vale muito a pena enfrentar essa fila para comer um dos melhores fallafeis do mundo.

 

Veja aqui algumas avaliações do restaurante no tripadvisor

 

Mais posts da série Paris por área

 

 

TudoSobreViagens

Anna Karina Faria Pires

Carioca de 29 anos, bacharel em direito, amante de viagens, aventureira, com o sonho de conhecer o mundo!

«

»

×

Curta a nossa Página!