fbpx
Search here...
TOP
Dicas Documentação e Vistos Europa

Imigração na Europa: como funciona, documentos necessários, perguntas e mais

www tudo sobre viagens tratado de schengen Easy Resize.com  449x470 - Imigração na Europa: como funciona, documentos necessários, perguntas e mais - europa, documentacao-e-vistos-para-viajantes, dicas-de-viagens
Tempo de leitura: 6 minutos

 Imigração na Europa: Tudo que você precisa saber para a sua viagem

A imigração na Europa é um tema que costuma preocupar a maioria dos viajantes que vão ao velho continente, principalmente se for a primeira vez. O medo cresceu ainda mais, depois do aumento de 62% do número de brasileiros que foram barrados na imigração em 2018.

Mas, a verdade é que, apesar desse aumento, o número de brasileiros barrados na Europa continua sendo baixo. Assim, não há com que se preocupar, basta você ficar calmo e estar com todos os documentos em dia que tudo dá certo.

Eu sei que muitos viajantes tem muitas dúvidas e preocupações no tocante a esse tema. Por isso, neste post eu vou falar sobre tudo que você precisa saber sobre a imigração na Europa e responder as dúvidas mais comuns relacionadas a este tema.

Como funciona a imigração na Europa

A imigração na Europa não é nenhum “bicho de 7 cabeças” como muitos acreditam. Assim que você desce do avião, antes mesmo de pegar as suas mala você entra em uma fila para cidadãos que não fazem parte da união europeia. Quando chega a sua vez na fila, você vai até a cabine onde está o agente da imigração. Nesta hora eles pedem para que você mostre o seu passaporte e te fazem algumas perguntas básicas sobre a sua viagem. Pode acontecer de eles pedirem para você apresentar outros documentos mas nem sempre isso acontece.

Algumas vezes eles não perguntam nada, só olham para a sua cara, já em outras vezes eles nem olham para você. Depois destas perguntas e olhadas constrangedoras, rs, eles carimbam seu passaporte e pronto, você já está dentro do país.

Uma vez no continente europeu você não irá mais precisar passar novamente pela imigração caso você vá visitar outros países que fazem parte do tratado de Schengen.

Outra dúvida comum é quanto a língua em que a entrevista é feita. Em regra, eles usam a língua materna ou o inglês. Mas, caso você não saiba falar a língua materna do país e nem inglês é só dizer que você precisa de um interprete em português.

Onde vai ser sua imigração na Europa

Outra dúvida que muitas pessoas tem é, em que país ela vai passar pela imigração na Europa. Isto acontece geralmente quando a pessoa tem alguma conexão em algum país que não seja o destino final. Por exemplo, você vai para Amsterdam mas vai haver uma conexão em Paris. Daí vem a dúvida, onde que eu vou passar pela imigração, em Paris ou em Amsterdam?

Neste caso, você fará a imigração no país que você vai fazer a conexão (desde que ele seja signatário do tratado de Schengen), mesmo que você nem vá sair do aeroporto. Então, no exemplo dado acima você vai passar pela imigração em Paris.

Então aonde eu pego as minhas malas?

Você só vai pegar as suas malas no destino final, no exemplo, será em Amsterdam.

Países que fazem parte do tratado de Schengen

Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça, Grécia, Hungria, Mônaco e San Marino.

ATENÇÃO:  Suíça, Reino Unido, Rússia, Turquia, Bósnia, Albânia NÃO fazem parte do tratado mas os documentos exigidos para entrar nesses países são os mesmos. Também não há necessidade de visto para turistas brasileiros que vão ficar menos de 90 dias.

imigração na Europa

Os países em azul escuro são os países que fazem parte da união europeia e do tratado de Schengen Foto: Wikipédia

Imigração na Europa: Documentos necessários

A união europeia exige que você tenha alguns documentos para que você possa entrar nos 27 países que fazem parte do tratado de Schengen. Por isso, é fundamental que você esteja com eles em mãos assim que sair do avião. De acordo com o tratado de Schengen os documentos necessários aos viajantes brasileiros são:

 

“Os requisitos para a entrada na Europa de brasileiros que viajam a turismo – e por isso
são isentos de visto- são os seguintes:

(a) passaporte válido por no mínimo seis meses;

b) passagem para todo o percurso da viagem até o retorno com data marcada para o
Brasil (não pode estar em aberto);

(c) comprovante de reserva paga em hotel ou carta-convite de quem cuidará da
hospedagem, preenchida em formulário próprio que, dependendo do país, pode custar
cerca de cem euros e estar disponível em administrações regionais, centros policiais ou
outras repartições oficiais locais;

(d) posse de recursos financeiros para a própria subsistência durante a estada, nos
valores mínimos de aproximadamente 60 euros diários por pessoa e 600 euros por
qualquer período, em dinheiro ou cheques de viagem ou certificados, devendo cartões
de crédito estar acompanhados de carta do banco (não pode ser via Internet)
especificando o limite do cartão;

(e) para os que viajam para participar sem remuneração de congressos, conferências,
seminários, concursos e outros eventos do gênero, carta-convite da instituição
organizadora, comprovante de inscrição ou matrícula, cartão de acesso, programa ou
documento congênere contendo algum registro que comprove sua validade, tal como
autenticação;

f) comprovante de emprego no Brasil, se for o caso;

(g) seguro médico internacional, exigido por alguns países, no valor mínimo exigido pelas normas locais”

 Texto extraído do tratado de schengen

Assim você precisa de :

  • Passaporte válido
  • Passagem de ida e volta
  • Comprovante da reserva do seu hotel, apartamento, hostel ou carta convite caso você vá se hospedar na casa de alguém.
  • Seguro viagem no valor de, no minimo 30 mil euros.
  • Cartão de créditos e o total equivalente a 65 euros por dia.

Estes 65 euros não precisam ser em espécie, você pode levar um comprovante bancário que demonstre que você tem dinheiro na conta.

Assim, você PRECISA estar com todos esses 5 documentos em mãos. Apesar de ser bem raro eles pedirem para ver algo além do passaporte é sempre bom se organizar. Por isso, tenha sempre em mãos a famosa pastinha onde você vai guardar todos esses documentos. Esta pasta vai com você na sua bolsa de mão.

www tudo sobre viagens imigraçao na europa passaporte Easy Resize.com  - Imigração na Europa: como funciona, documentos necessários, perguntas e mais - europa, documentacao-e-vistos-para-viajantes, dicas-de-viagens

Comprovantes que é bom levar

Os documentos acima são aqueles que são totalmente indispensáveis já que eles são exigidos pelo tratado. Mas, para um “desencargo de consciência” é interessante levar outros documentos que comprovem que você é apenas um turista. Por isso, se puder leve também:

  • Entradas e ingressos para algum museu ou monumento que você vá visitar
  • A passagem de trem, ônibus ou avião caso você também vá para outra cidade ou país
  • Comprovante da sua empresa que você está no período de férias
  • Contracheque
  • imposto de renda

A verdade é que vai ser muito difícil mesmo eles te pedirem para olhar qualquer um desses documentos. Para mim eles nunca pediram nada além do passaporte. Mas, vai que, né?

Imigração na Europa: Comportamento

O seu comportamento quando você pisa no aeroporto e vai passar na imigração também conta muito neste processo. Não esqueça que o agente de imigração está apenas fazendo o trabalho dele, que é impedir que estrangeiros entrem ilegalmente no país. Por isso,  você precisa provar de todas as maneiras que você não é um espertalhão que quer entrar no país dele de forma ilegal e sim que você é um turista que está levando dinheiro para o país.

Para isso, além dos documentos a sua postura conta para caramba, por isso fique tranquilo e sob nenhuma hipótese minta. Pode ser uma mentira boba, não interessa, os agentes  são treinados para pegar a pessoa mentindo e faze-las cair em contradição. Por isso, não dê este mole.

Ficar muito nervoso também pode atrapalhar, porque o nervosismo em excesso pode fazer o agente desconfiar de você.  Eles costumam olhar para você, bem no fundo dos seus olhos. A impressão que passa é que ele está desconfiando de você, mas não é. Como eu já disse, eles são treinados para pegar as pessoas que estão mentindo ou escondendo algo. E você não tem nada a esconder, por isso não tema. Fique tranquilo que te garanto que vai dar tudo certo.

Outro comportamento que também pode gerar desconfiança é o famoso “jeito brasileiro de ser”. Alguns brasileiros antes mesmo de chegarem na imigração já chegam fazendo algazarra e barulho. Este tipo de comportamento é totalmente estranho para o europeu que em regra é mais polido, principalmente em ambientes públicos. Isto pode chamar a atenção do agente de imigração, e tudo que você não quer é isso. Por isso, faça o possível para passar despercebido.

Perguntas mais comuns feitas pelos agentes da imigração europeia

As perguntas são quase sempre as mesmas, por isso responda com firmeza e tranquilidade. Se as suas respostas não forem convincentes você pode ir para a famosa e temida salinha. Lá eles vão fazer outras perguntas e podem te pedir para ver outros documentos. Se solicitado é a hora de mostrar reservas de hotéis, passeios, imposto de renda e etc. Enfim, tudo que possa convencer o agente de imigração de uma vez por todas que você é um turista.

E mais uma vez aqui, mantenha a calma e não minta.

As perguntas mais frequentes são:

  1. O motivo da viagem: De férias ou a trabalho
  2. Quantos dias você vai ficar
  3. Se você vai para algum outro país ou cidade
  4. O que você vai fazer na cidade

Estas são as perguntas mais básicas e comuns mas eles também podem perguntar:

5. Se você tem seguro viagem

6. Onde você está hospedado

7. Se conhece alguém no país

8-Quanto dinheiro você tem

9-Qual é a sua profissão

Para mim estas últimas nunca foram perguntadas. Na minha última viagem, que eu entrei por Roma eles só olharam para minha cara e carimbaram o passaporte.

imigração na Europa

 

Em suma, mantenha a calma e seja organizado. Não esqueça de levar nenhum documento, principalmente os que são exigidos pelo tratado.

 

E ai, este post te ajudou? Tirou as suas dúvidas? Qualquer dúvida ou sugestão, é só você deixar nos comentários.

 

Um abraço e boa viagem!!

Vai viajar para Europa? Então não deixe de ler todas as nossas dicas

TudoSobreViagens

Anna Karina Faria Pires

Carioca de 29 anos, bacharel em direito, amante de viagens, aventureira, com o sonho de conhecer o mundo!

«

×

Curta a nossa Página!