fbpx
Search here...
TOP
Europa França

Castelos em Paris:Veja onde moraram os reis da França na cidade luz

www tudo sobre viagens salao dos espelhos versalhes paris frança 640x470 - Castelos em Paris:Veja onde moraram os reis da França na cidade luz - franca, europa
Tempo de leitura: 5 minutos

Você sabia que existem muitos Castelos em Paris? Digo isto porque quando pensamos em castelos na França, logo nos vem a mente os castelos do Vale do Loire ou do sul da França. Mas na verdade, existem muitos castelos na cidade luz, castelos onde moraram os reis da França durante muitas e muitas gerações. Talvez, eles não sejam tão bonitos e grandiosos quanto os do vale do loire, por exemplo, mas com toda a certeza eles guardam, em  suas paredes muita história.

Afinal, história é o que não falta em Paris, cada cantinho dessa cidade incrível guarda com ela um acontecimento histórico, que certamente influencia nossas vidas até hoje. Se você é apaixonado por história e principalmente por história medieval, com toda a certeza você vai adorar esse post.

Hoje vamos viajar pela Paris da época da monarquia. Vamos conhecer em quais castelos em Paris a família real francesa viveu durante vários séculos, quando estavam no auge do seu poder.

Castelos em Paris

1. Conciergerie 

Está ai um lugar onde, com toda a certeza muita gente não sabia que foi residência real. Afinal, ele é muito mais famoso por ter servido de prisão durante a revolução francesa.

A conciergerie, ou palácio de la cité, como era conhecido na era medieval, foi a residência e a sede do poder real do século X ao XIV. Somente, em 1370 foi transformada em prisão.

Ao longo dos séculos o palácio foi reformado e novos espaços foram sendo construídos pelos reis de França. Aqui viveu um dos reis mais famosos e polêmicos da França, Felipe IV, o belo. É esse um dos reis mais retratados em filmes e séries que passam na idade média. Principalmente  quando o tema é o santo graal e cavaleiros templários, já que foi ele quem destruiu toda a ordem.

O palácio deixou de ser a residência real, em 1360, quando o rei Charles V abandonou o palácio por precaução. Pois  seu pai, o rei Jean II foi capturado dentro do próprio  castelo.

Castelos de Paris

Entrada principal da Conciergerie

Como visitar a Conciergerie!

Existem 3 maneiras de visitar a conciergerie. Uma é comprando o ingresso avulso, que custa 9 euros.

Mas, com toda a certeza a maneira mais econômica e vantajosa é comprar o ingresso conjugado: Saint Chapelle+ Conciergerie que custa 15 euros.

Outra maneira de visitar a conciergerie é usando museum pass ou o paris museum pass.

2. Louvre

Que o Louvre é o museu mais visitado e o maior do mundo todo mundo sabe. O que talvez alguns não saibam é que seu palácio já foi residência oficial da monarquia. O primeiro rei a se mudar para lá foi Charles V que fez muitas reformas importantes no palácio. Mas foi na época renascentista que o Louvre viveu sua maior transformação. O rei Francisco I contratou o maior arquiteto da época para fazer as reformas no Louvre de acordo com a moda renascentista.

A famosa rainha, Catarina de Médici também contribuiu para a construção do Louvre. Foi ela quem mandou construir o palais royal e o jardim das Tuleries.

Um evento muito importante se passou na França durante a época que a realeza aí morava, a noite de São Bartolomeu. Este evento foi o ápice da guerra religiosa que se espalhava pela França.

O Louvre também foi residência imperial, NapoleãoIII viveu no palácio do Louvre durante alguns anos. Aliás o apartamento onde ele viveu  pode ser visitado. Outro local de extremo luxo e riqueza. Eu particularmente fiquei mais impressionada com o apartamento de Napoleão do que com Versalhes.

Como visitar o Louvre

Vocêo pode usar o museum pass ou o paris pass. Mas caso você for comprar o ingresso avulso compre antes pela internet. Assim você evita filas para comprar na hora.

O ingresso avulso custa 17 euros

Leia também: Museu do Louvre: Como evitar multidões e ver todas as obras num só dia

 

20180523 201038 - Castelos em Paris:Veja onde moraram os reis da França na cidade luz - franca, europa

3.Chatêau de Vincennes

Localizado a leste de Paris este castelo é a única residência real da idade média  que conserva seu aspecto original. Todas as outras foram reformadas ao longo dos anos.  O chatêau de Vincennes não é um dos monumentos mais conhecidos e visitados na cidade. Mas é um dos castelos em Paris onde viveu a monarquia francesa e a visita vale muito a pena.

O chatêau foi construído como pavilhão de caça e durante a época medieval muitos casamentos reais foram realizados no Chatêau. Com as guerras religiosas na França o rei Henrique IV ficou ai aprisionado. No século XVII é que Luis XIV mandou construir os pavilhões reais, fazendo com que a família real então passasse a viver ai. As obras nunca chegaram a terminar visto que em 1682 a família real e a corte francesa se mudaram para Versalhes.

Como visitar o Chatêau de Vincennes

O chatêau de Vincennes fica no subúrbio de Paris, ou seja fica longe do centro. O local mais próximo do chatêau é o bairro MaraisMarais. Por isso, juntar uma visita a esse maravilhoso bairro junto com o chatêau é o ideal.

O ingresso custa 9 euros.

Castelos de Paris

Chatêau de Vincennes

4.Palácio de Versalhes

Última residência da monarquia francesa,o palácio de Versalhes passou a ser ocupado em 1682 e foi residência real da monarquia até 1789, quando houve a revolução francesa. Esse palácio desde então se tornou, não só o maior palácio do mundo mas também símbolo da monarquia absolutista. O palácio é um dos monumentos mais visitados da França e você não consegue não se impressionar com a beleza e a riqueza da decoração do palácio.

Veja todas as dicas sobre a visita a Versalhes aqui.

Castelos de Paris

Portões do palácio totalmente cobertos a ouro

 

Castelos de Paris

Salão dos espelhos

5. Palácio das Tulherias

Em 1564, a rainha Catarina de Médici deu início a construção do palácio das Tulherias. O palácio foi residência de diversos reis da França, um deles foi o famoso rei sol Luis XIV.

Além do rei sol, Luis XVI e sua rainha Maria Antonieta também viveram nele durante 3 anos, assim que saíram de Versalhes, por conta da revolução.  Em 1791, a família real fugiu do palácio das Tulherias mas foram pegos quando estavam na cidade de Varennes. Assim, tiveram que voltar as Tulherias.

Hoje, infelizmente a única parte que sobrou do palácio, foi seu jardim, o jardim das tulherias, pois no dia 22 de Maio de 1871 o palácio pegou fogo. Assim, só restou algumas ruínas, que foram demolidas em 1883.

Castelos de Paris

Jardim das Tulherias. A única parte do palácio das Tulherias que sobrou.

Então pessoal, espero que tenham gostado desse post. Se você gostou não deixe de compartilhar com seus amigos e se você tem alguma dúvida ou sugestão é só deixar nos comentários.

Um abraço

Mais posts sobre Paris

TudoSobreViagens

Anna Karina Faria Pires

Carioca de 29 anos, bacharel em direito, amante de viagens, aventureira, com o sonho de conhecer o mundo!

«

»

×

Curta a nossa Página!